Salário Família 2018

O trabalhador brasileiro é bem relacionado em questões relacionadas a benefícios oferecido pela Previdência Social. Entre diversos benefícios que o trabalhador possui direito, há um pouco conhecido. Denominado de salário família, este benefício é destinado aos trabalhadores que possuem filhos, enteados e tutelados que tenham, no máximo, 14 anos de idade. Como este salário envolve diversos pontos, neste artigo abordamos os principais para lhe auxiliar no entendimento e funcionamento do benefício. Então, quer se informar um pouco mais sobre o salário família 2018? Leia o artigo abaixo.

Salário Família 2018

Salário Família 2018 – Quem tem direito, valor do Salário família, Tabela Salário família 2018

O que é salário família 2018?

O Salário Família 2018 é uma quantia paga ao empregado e também ao trabalhador avulso. O valor do Salário Família é definido relativo ao número de filhos ou equiparados que possua. Na situação, para ter acesso ao benefício, é preciso que esteja dentro da quantia de renda definida pelo Governo Federal.

Diferentemente de outros benefícios concedidos pela Previdência, para ter direito ao Salário Família não é necessário obedecer um tempo mínimo de contribuição. É exigido apenas que se adeque as diretrizes de acesso ao benefício social – que abordaremos logo mais abaixo.

Veja o valor de outros benefícios trabalhistas:

Quem tem direito ao Salário Família

Quem tem direito ao salário famíliaPara ter acesso ao auxílio família é preciso que esteja em conformidade com algumas diretrizes definidas pelo Governo Federal. Possui direito ao salário família quem se enquadra nos seguintes perfis:

  • O empregado e o trabalhador avulso que estejam em atividade;
  • O trabalhador rural que tenha se aposentado por idade aos 60 anos (homem), ou 55 anos (mulher);
  • O empregado e o trabalhador avulso, aposentados por invalidez, por idade ou em gozo de auxílio doença;
  • Os demais aposentados, desde que os empregados ou trabalhadores avulsos, quando completarem 65 anos (homem) ou 60 anos (mulher).

Como se cadastrar no Salário Família

Para ter direito ao Salário Família é preciso que o trabalhador realize um cadastro. Caso seja um empregado ou doméstico, deve realizar o requerimento do benefício diretamente com o empregador. Já em situações de trabalhadores avulsos, o pedido deve ser realizado no sindicato responsável pela categoria ou também no órgão gestor responsável pela natureza do trabalho executado.

Cadastro Salário Família 2018

Cadastro Salário Família 2018

Para realizar o requerimento do salário família é preciso que esteja portando alguns documentos básicos, como documento de identificação com foto e número do CPF, termo de responsabilidade, certidão de nascimento de cada dependente, comprovação de frequência escolas dos dependentes com idade de 7 a 14 anos de idade, caderneta de vacinação ou similar dos dependentes de até 6 anos de idade e, por fim, o requerimento do salário família.

Caso não faça a mínima ideia a respeito de alguns documentos (como o termo de responsabilidade ou o requerimento), o cidadão pode ir até o site da Previdência Social e realizar o download do modelo pronto.

Valor do Salário Família 2018

Valor do Salário FamíliaO valor do salário família é estabelecido de acordo com o valor da remuneração do trabalhador. Basicamente, o benefício auxilia na complementação de renda dos trabalhadores brasileiros, através do pagamento de um valor estabelecido por lei, pago dependendo do número de filhos do cidadão. Confira abaixo a tabela de pagamentos do Salário Família 2018:

Vigência Salário Mensal Salário Família Lei que regulamenta
A Partir de 01/01/2017 R$ 859,88 R$ 44,09 (Portaria Interministerial MTPS/MF 8/2017)
R$ 859,89 a R$ 1.292,43 R$ 31,07
A Partir de 01/01/2016 R$ 806,80 R$ 41,37 (Portaria Interministerial MTPS/MF 1/2016)
R$ 806,81 a R$ 1.212,64 R$ 29,16
A Partir de 01/01/2015 R$ 725,02 R$ 37,18 (Portaria Interministerial MPS/MF 13/2015)
R$ 725,03 a R$ 1.089,72 R$ 26,20
A Partir de 01/01/2014 R$ 682,50 R$ 35,00 (Portaria Interministerial MPS/MF 19/2014)
R$ 682,51 a R$ 1.025,81 R$ 24,66
A Partir de 01/01/2013 R$ 646,55 R$ 33,16 (Portaria Interministerial MPS/MF 15/2013)
R$ 646,56 a R$ 971,78 R$ 23,36
A Partir de 01/01/2012 R$ 608,80 R$ 31,22 (Portaria Interministerial MPS/MF 2/2012)
R$ 608,81  a R$ 915,05 R$ 22,00
A Partir de 01/07/2011 Até R$ 573,91 R$ 29,43 (Portaria Interministerial MF/MPS 407/2011)
De R$ 573,92 a R$ 862,60 R$ 20,74
A Partir de 01/01/2011 a 30/06/2011 Até R$ 573,58 R$ 29,41 (Portaria Interministerial MF/MPS 568/2010)
De R$ 573,59 a R$ 862,11 R$ 20,73
A Partir de 01/01/2010 Até R$ 539,03 R$ 27,64 (Portaria Interministerial MPS/MF 333/2010)
De R$ 539,04 a R$ 810,18 R$ 19,48
de 01/02/2009 a 31.12.2009 Até R$ 500,40 R$ 25,66 (Portaria Interministerial MPS/MF 48/2009)
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply